Urna Eletrônica
Política

Hackers invadem urna eletrônica em menos de dois minutos nos EUA

Experiência em ambiente controlado mostrou a fragilidade da urna eletrônica usada em 18 estados americanos.

 

Hackers reunidos em Las Vegas para o 26o conferência DEFCON fizeram testes com um modelo de urna eletrônica usada na votação em 18 estados americanos. O sistema eleitoral dos Estados Unidos não mantém um padrão para a forma de votação, utilizando voto eletrônico e por papel, sendo que as urnas são fornecidas por mais de uma empresa.

 

 

No vídeo produzido no encontro, a urna é acessada como “administrador” em menos de dois minutos, bastando abrir (sem ferramentas!) a parte superior da urna, remover o leitor de cartões e apertar um botão.

Em termos não muito técnicos, uma barbaridade.

Dica do Inverse.

 

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *